NOTÍCIAS
Slider

Notícias

O que esperar após altas precipitações

ciclone

As altas precipitações ocorridas nos últimos dias no estado do RS afetaram as lavouras de trigo, exigindo uma atenção especial dos produtores para a lixiviação da adubação e ocorrência de doenças.

Neste primeiros dias do mês de julho, as condições climáticas (umidade e temperatura) e o estádio fenológico (estabelecimento e afilhamento) da cultura do trigo, encontram-se ideais para as viroses transmitidas pelo vetor Polymyxa graminis. Após o período de incubação (desenvolvimento do vírus no interior dos tecidos vegetais) e com a elevação das temperaturas, os sintomas se expressam em áreas com histórico de ocorrência de mosaico.

Folhas das plantas infectadas apresentarão áreas de coloração verde intercaladas com áreas amareladas e lineares, resultantes das alterações internas na produção de clorofila. Com o progresso da infecção haverá supressão no desenvolvimento e nanismo das plantas, com danos potenciais de até 50%, comprometendo drasticamente a produção.

A Embrapa Trigo realiza anualmente experimentos de avaliação, visando monitorar e caracterizar as cultivares comerciais e novos lançamentos, fomentar os programas de melhoramento genético, considerando que a principal forma de evitar danos por mosaico é o plantio de cultivares com resistência genética.

A OR Melhoramento de Sementes há três décadas enfatiza, em seu programa de melhoramento genético, resistência ao mosaico do trigo, desenvolvendo cultivares com níveis adequados de resistência ao mosaico do trigo. Um exemplo é a cultivar ORS Vintecinco, considerada testemunha padrão resistente nos Ensaios de avaliação de mosaico conduzidos pela Embrapa Trigo. 

ORS Destak lançada na safra de 2019, herdou da cultivar ORS 1405 a moderada resistência ao mosaico. Assim como ORS 1405, outras cultivares OR, ORS Agile, ORS Citrino, ORS Madre Pérola e os novos lançamentos para a safra 2020, ORS Senna, ORS Guardião e ORS Feroz destacam-se por resistência genética ao mosaico do trigo.

Esta segurança é possível graças à tradição, eficiência e agilidade do programa de melhoramento da OR Sementes, com a missão de criar cultivares que aliem alta produtividade, qualidade industrial e excelente perfil fitossanitário, para o triticultor.   

 

Camila Turra - Fitopatologista OR Sementes

 

mais noticias