Mercado de trigo não sinaliza redução nos custos para os moinhos, mesmo com a entrada da nova safra nacional

Por Maíra Laskoski

A colheita de trigo deve começar nas próximas semanas no Paraná, o principal produtor do cereal do Brasil. As lavouras paranaenses já se encaminham para os estádios finais de desenvolvimento, com 6% das lavouras em fase de maturação, 41% em frutificação, 33% em floração e 20% em desenvolvimento vegetativo.

As condições das lavouras não melhoraram em relação à última semana, o que preocupa o mercado com a qualidade e, consequentemente, os preços da nova safra.

Continue lendo em http://www.afnews.com.br/trigo-brasil/mercado-de-trigo-nao-sinaliza-reducao-nos-custos-para-os-moinhos-mesmo-com-a-entrada-da-nova-safra-nacional.html

Mais Notícias