Trigo deve manter preços atuais no próximo ano

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo ele, uma exceção no mercado mundial de trigo será a Argentina, cuja produção deverá passar de 17,5MT para 20,1MT, mas, justamente devido às quebras acima anunciadas, terá uma demanda muito maior do que a esperada: “Os moinhos locais deverão comprar cerca de 6,5MT, o compromisso com o Brasil deverá tomar outras 5,5MT e o país terá mais 8,1MT para atender o mercado internacional (das quais já negociou 4,0MT antecipadamente), o que será muito pouco diante da quebra de mais de 37MT”.  Leia mais ...

Fonte:https://www.agrolink.com.br/culturas/trigo/noticia/trigo-deve-manter-precos-atuais-no-proximo-ano_409536.html

Mais Notícias